Saiba mais
Menu
Menu
Idioma

Pedro Barros vence o Vans Park Series 2018 em Vancouver

Foto: Julio Detefon (CBSk)

Após a etapa do Brasil, que rolou na nova pista da Vans em São Paulo, o Vans Park Series Pro Tour chegou até a Skate Park de Hastings, em Vancouver, Canadá. O evento contou com a participação dos skatistas brasileiros Pedro Barros, Murilo Peres e Vi Kakinho.

Na sexta-feira,13, aconteceram as eliminatórias. Murilo e Vi andaram muito bem e fecharam uma das voltas sem erros. Eles passaram para a semifinal e se juntaram a Pedro Barros, que já estava pré-classificado.

No sábado, 14, o nível da semi foi muito alto e muitos acertaram suas voltas, como por exemplo Vi kakinho, que mais uma vez fez boa participação. Porém as voltas sem erros do Vi não foram suficientes para ele avançar de fase.

"O evento teve um nível sinistro, a final pegou fogo. Murilo e Pedro representaram, um em sexto e outro campeão da etapa. Mesmo não avançando para a final, fiquei feliz em participar desse evento e de ter acertartado minha volta. Parabéns para todos”, falou Vi Kakinho.

Murilo Peres conseguiu encaixar sua melhor volta e passou para a final, assim como Pedro Barros, que também acertou uma volta muito boa.

"Foi um campeonato com um nível incrível. É surpreendente você vê que o nível sobe muito a cada etapa. Não é a toa que para estar na final tinha que ter uma nota de, no mínimo, 82 pontos. Estou bem feliz de ter conseguido fazer parte da final e mais ainda em ver o Pedro ser campeão, carregando a bandeira do Brasil no topo. Para mim ficar em sexto lugar foi importante. O trabalho que estamos fazendo está só começando e será disso para melhor", comentou Murilo Peres.

Na final, o nível foi impressionante e muito bom para o Brasil. Além da sexta colocação do Murilo, Pedro Barros simplesmente fez uma segunda volta incrível. Uma conexão de manobras com muita velocidade, estilo e agressividade. Já começou com um big method contorcido e já entrava para a parte mais baixa com um alley oop bs, depois um bs tailslide, para conectar o bs 360 na quina para a parte média. Ele acertou um inédito switch melon para parte mais alta, onde além de ss boardslide, voltou um bs grab 540 e, na sequência, um alley oop lipslide, bs smith... daí em diante foi só comemorar a primeira colocação, pelo segundo ano consecutivo em Vancouver.

Fonte: Cem Por Cento Skate